Eu achei melhor nem colocar titulo – Atenção Papais e Mamães part 1

Bom dia amigos(as) pensei muito antes de escrever esse post, pois sei que serei odiado pela juventude de hoje, seja garotos ou garotas, mas eu sou pai de 3 filhos, um garoto de 19 anos, um garoto de 11 anos e de uma menina de 7 anos. Atualmente um sobrinho de 18 anos também mora comigo. E  estou alarmado, assustado e porque não dizer sem esperança.

O que vou relatar aqui, não é uma coisa, que você possa se atrever a pensar que isso jamais vai acontecer com seu filho ou com a sua filha, pois se eles já possuem mais de 15 anos ou talvez menos, e saem sozinhos com amiguinhos e amiguinhas, frequentam festinhas de amigos, mesmo que acompanhados por outros adultos no mesmo lugar da festa, lamento dizer, seus filho ou sua filha, esta envolvido nisso, ou pelo menos ja viu isso acontecer.

Pois bem, durante  os últimos 4 ou 5 anos, tenho reparado, que os jovens de hoje, sejam eles garotos e garotas ( menores de idade ) saem para se divertir com a seguinte pre disposição: beber e sexo. No inicio eu imaginava que isso só acontecia com menores da periferia, que iam se divertir em bailes funk, ou pancadões, pois não vejo isso passar nas mídias, sem que esse tema funk e periferia esteja envolvido, de forma a criar um esteriótipo de marginalidade, não no sentido criminal, mas no sentido de viver as margens de uma sociedade. Comecei a reparar que no prédio onde eu vivo, sempre rolavam festinhas ( encontros de jovens ), em sua maioria menores com 15, 16, 17 anos, onde o único objetivo da reunião era beber. No inicio não dei tanta importância ao fato, pois não sou puritano de corpo e alma, eu já tive a idade deles, e também cheguei a beber antes dos meus 18 anos, mas existia uma grande diferença, quando eu tinha meus 16 anos ou 17 anos.

Nós bebíamos escondidos de adultos, ou pelo menos, comprávamos uma lata de cerveja, e passávamos mais de 3 horas com a mesma lata na mão, pelo simples fato de queremos parecer adultos, ou se passar por velhos e assim impressionar as garotas. Isso nós fazíamos na rua, ou em points de encontro de jovens, que geralmente eram lugares públicos, assim como existem os pancadões, nos tínhamos nossos encontros em determinadas ruas do bairro ou da cidade, mas não fechávamos a rua, ficávamos em um estabelecimento comercial ( geralmente bar, buteco, lanchonete ) ou mesmo em uma praça, e tenho certeza que alguém vai dizer: “- Esse ogro é uma besta, ele acha que não mudou nada em 40 anos?”

Pois é lamento informar que isso não faz tanto tempo assim, digamos que tem 20 anos ou menos. Hoje ao contrário dessa época não muito distante, esses encontros de jovens, geralmente feitos em casas ou salões de festas de prédios, tem como o único objetivo, beberem e como consequência de perderem a noção de moral, lugar, espaço e mesmo pudor por conta da bebida, praticarem sexo…. Não acredita? Então vamos alguns relatos que eu vi e presenciei. Durante 2 anos fui sub sindico do condomínio em que eu morava, e diversas vezes, tive que intervir nesses festinhas, pois haviam menores bebendo, passando mal, e o pior ( os pais, do organizador da festa, também menor ) sabiam que iria rolar somente bebedeira.

“Ah Grenga, mas isso acontece na periferia, conjunto habitacional, etc, não acontece nos lugares que meu filho ou filha frequenta”,

pois é esta errado, eu morava em um condomínio de classe média, onde os imoveis de 65 metros quadrados, podem chegar a 500 mil reais, ou um apartamento do condomínio, enfrente ao meu, custa 2,5 milhões. isso pode ser visto em uma reportagem que saiu hoje na folha onde o “pacadão” acontece em frente a PUC no bairro de Perdizes

“Ah, Grenga, seu condomínio então era permissivo para isso, era uma zona”

Pois é, não acontecia só no meu condomínio, acontecia em todos os condomínios ao redor de onde eu morava, e sei disso, pois os mesmos jovens que faziam essas festinhas no meu condomínio, também frequentavam as festinhas nos condomínios ao redor, e eles me contavam, isso quando eu não via, do meu apartamento, coisas absurdas acontecendo na área comum nos condomínios ao lado. E garanto a vocês que os pais de todo mundo sabia que os filhos estavam nessas festinhas, mas não imaginam o que rola nisso. Pois nunca, jamais eu vi um pai ou uma mãe, descer do seu apartamento, e ver o que seu filho estava fazendo nessa feste, ou mesmo o que acontecia nessa festa. E os pais e mães de quem não era do condomínio, sabiam que o filho estava em uma festa, mas, nunca nenhum desceu do carro, e foi buscar o filho dentro da festa, e ver o que rolava la dentro, ou mesmo, simplesmente, diz ao filho ou a filha: “Chegue em casa, antes da 1 da manhã, mas pegue um taxi, pois andar a pé 4 ou 5 quarteirões pode ser perigoso”. Na boa, se soubesse o quanto é perigoso a “festinha” que eles participam, não teriam deixado o filho ou a filha participar.

“Mas Grenga, sempre tem um adulto, junto, meu filho ou minha filha falam isso”, ai eu te pergunto, alguma vez, você foi conferir se realmente tinha um adulto junto? O se tivesse, esse mesmo adulto, não estaria tão bêbado quanto seus filhos?”Pois é, todos os pais, acham que os outros pais, vão fazer o trabalho que qualquer pai, poderia fazer, mas nenhum acaba fazendo, e os filhos ficam soltos.

O texto já ficou muito grande,  por isso eu coloquei a parte 2 aqui Pois tem muito mais para vocês saberem, pois essa moçada me conta, não porque eu sou permissivo a isso, pois não sou, sempre que presenciei, eu botava todo mundo para correr, mas porque eu pergunto o que aconteceu, quero saber como funciona esse mundo doido que eles estão vivendo…..

Veja a continuação do texto aqui

Não esqueça de deixar o seu comentário la embaixo no final desta pagina, quero muito saber a sua opinião

Escrito por Luciano Grenga, 40 anos, casado e pai de 3 filhos.

Perfil Facebook: facebook.com/lucianogrengaperfil

Pagina facebook: facebook.com/ogro.grenga

Twitter: dongrenga

The following two tabs change content below.
Luciano Grenga ou Ogro Grenga Trabalho com marketing digital na Promaker Marketing Digital www.promaker.com.br, motociclista, casado, pai de 3 filhos, fundador do M.U.C.A.I - Motociclistas Unidos Contra o abuso Infantil www.mucai.com.br, amante das redes sociais e que se mete a escrever bobagens as vezes aqui no site www.ogrogrenga.com.br

Latest posts by admin (see all)

About the Author

admin

Luciano Grenga ou Ogro Grenga
Trabalho com marketing digital na Promaker Marketing Digital www.promaker.com.br, motociclista, casado, pai de 3 filhos,
fundador do M.U.C.A.I – Motociclistas Unidos Contra o abuso Infantil
www.mucai.com.br, amante das redes sociais e que se mete a escrever bobagens as vezes aqui no site www.ogrogrenga.com.br

4 Comments on "Eu achei melhor nem colocar titulo – Atenção Papais e Mamães part 1"

  1. monica pereira | 20/06/2016 at 7:17 pm | Responder

    MEU NOME E MONICA , SOU PORTUGUESA E VIVI ATE HA BEM POUCO TEMPO NO BRASIL . SAI DO MEU PAIS PARA TENTAR PROPORCIONAR UMA MELHOR VIDA OU ATE MESMO NA ESPERANÇA DE CONQUISTAR MAIS AI NO SEU PAIS DO QUE NO MEU … PARA SER FRANCA NAO TIVE EXPERIENCIAS MUITO BOAS EM TODOS OS SENTIDOS , MAS NO QUE DIZ RESPEITO A CRIANÇADA (E TENHO TB 3 FILHOS ) UM DE 11 ANOS UMA MENINA DE 7 ANOS E UMA BEBE QUE NASCEU AI MESMO NO BRASIL DE 1 ANO , ACHO UM ABSURDO A TOTAL LIBERDADE QUE OS PAIS DAO AOS FILHOS . NAO , NAO SOU CARETA … SOU MAE ATENTA . ENTENDO PERFEITAMENTE QUE ELES TEM DE SE DIVERTIR , E ACHO ISSO NORMAL … O PROBLEMA QUE SE COLOCA E A MANEIRA QUE A JUVENTUDE SE DIVERTE E E NESSE SENTIDO QUE NAO SOU PERMISSIVA .
    MEUS FILHOS TEM HORA DE REFEIÇAO, HORA DE DORMIR , REGRAS O QUE NAO ACONTECE NA MAIORIA DOS JOVENS AI NO BRASIL .
    EU MUITAS DAS VEZES NOS DIAS DE CALOR NA CALÇADA A NOITE VIA A CRIANÇADA DE 2, 3 , 5 , 10 ANOS NA RUA , SOZINHOS … MUITAS DAS VEZES ACOMPANHADOS DOS IRMAOS OU IRMAS MAIS NOVOS FUMANDO E BEBENDO TAL COMO VC REFERIU…. NAO SOU NINGUEM PARA CHAMAR ATENÇAO , MAS MEUS FILHOS ENTENDEM QUE SO O PODERAM FAZER E TER VONTADE PROPRIA QUANDO ELES MESMOS SE AUTO-SUSTENTAREM … FOI ESSA A ADUCACAO CARETA QUE MINHA MAE ME DEU E EU FELIZMENTE , NAO ME DEI MAL COM ELA E ASSIM PRETENDO FAZER COM MEUS FILHOS ….
    ENTENDO PERFEITAMENTE O QUE VC DESCREVEU , MAS NA MINHA HUMILDE OPINIAO , OS PAIS NA MAIORIA DAS VEZES SAO CULPADOS …. ADOREI O SEU TEXTO

  2. Parabéns!!!! Muito bom espero que muitos pais leiam e reflitam.

  3. Ter filhos é tarefa muito dificil, pois a educação que recebemos esta defasada, mas se deixarmos claros a eles que alguns principios basicos da vida permanecerão sempre e sem nenhuma alteração. Se conseguirmos fazer entender esta responsabilidade que terão que assumir daqui em diante que os seus erros recairam sobre eles mesmo este será o divisor de aguas. Mostre a eles o seu Amor e o valor da familia garanto que dificilmente serão decepcionados.

  4. Os pais não sabem de nada.

Deixe aqui o seu comentário